Google+ GRITOS VERTICAIS: Das Marés

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Das Marés


(Foto: André L. Soares)
.
.
.
DAS MARÉS
(André L. Soares & Rita Costa)
.
Teu jeito criança
veio com o mar.
A tua esperança
nasce do mar.
A cor dessas tranças
brilha no mar;...
o futuro nas conchas,
vi na pérola negra
em meio ao coqueiral.
.
O fim desse mundo
é o limite do mar.
Os desejos profundos
vêm do fundo do mar.
Nosso sonho mais lindo
sonho à beira-mar;...
no ouro da praia,
na cama de areia,
coroar-te mulher.
.
À tardinha o céu desce
até beijar o mar.
O profeta já disse
que o sertão vira mar.
Então, faço uma prece
louvando esse mar;...
ao lançar minha rede
sempre peço pra lua
um novo amanhecer.
.
.
.
.
Leia também:
Gritos Verticais /O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos

26 comentários:

  1. Amigo muito lindo as palavras fluíram como as marés.
    "nosso sonho mais lindo
    sonho à beira mar
    no ouro da praia
    na cama de areia,
    coroa-te mulher"
    Abraços forte

    ResponderExcluir
  2. Que lindo isso "ao lançar minha rede, sempre peço pra lua um novo amanhecer".
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Tua alma acredito grita por tão lindas linhas, e está partilhando.
    Muito bonito sim com certeza. Obrigada por me dar esta oportunidade. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. legal gostei ,criativo belas mares neste mar.

    ResponderExcluir
  5. MA-RA-VI-LHO-SO......
    Me senti embalada ao ler...
    "nosso sonho mais lindo
    sonho à beira mar
    no ouro da praia
    na cama de areia,
    coroa-te mulher"
    PARABÉNS!!!

    ResponderExcluir
  6. E a lua sempre nos presenteia com um novo dia, ainda que tenha que se ausentar!!!

    ResponderExcluir
  7. Lindo...o mar sempre inspira belas poesias!


    Um bom dia pra vc!

    ResponderExcluir
  8. Lêr seus versos me trouxe paz e tranquilidade, pois as palavras têem o poder de nos transportar, e através das suas, revi o mar. Sou Pastor e só encontrei tamanho alento nos brasços de meus Deus. Que o Senhor seja contigo marinheiro.

    ResponderExcluir
  9. Olá, poeta!

    A primeira estrofe me levou ao passado, à minha infância, solta na praia, com as minhas longas tranças a catar conchinhas na areia, risos. Mas todo o poema tocou-me profundamente, pois partilho do mesmo fascínio pelo mar, às vezes parece que vem dele a minha força.

    Muito bonito o poema, parabéns!

    Ariadna Garibaldi

    ResponderExcluir
  10. ameiiiiiiiiiiiii.... que palavras lindas... encantadoras

    ResponderExcluir
  11. Existem três coisas incrivelmente atrativas: o mar, a lua, a floresta!
    Podemos viajar, vagar, sonhar, poetisar... assim a maré leva e trás a inspiração.

    ResponderExcluir
  12. Oi lobo do amar,


    Por esta rede a sereia canta...


    Com carinho,

    Cris

    ResponderExcluir
  13. Tudo já foi dito! Fiquei sem palavras para comentar só posso dizer amei!
    bjos

    ResponderExcluir
  14. Anônimo14:55:00

    Que lindo isso "ao lançar minha rede, sempre peço pra lua um novo amanhecer".
    Abraços.

    ResponderExcluir
  15. Olá, queria dizer que seus blogs são esplendidos! Muito bom seu trabalho, está mesmo de parabéns!

    Proponho uma nova parceria com você, com outros sites/blogs meus, visto que já somos parceiros (Downz Filmes)

    Eu tenho os seguintes blogs/sites:

    http://www.twofacefilms.com
    http://www.tutopedia.com
    http://www.baixarfilmesemusicas.com
    http://www.blogstics.com
    http://www.sogostosas.org
    http://www.ninfetasnuas.org
    http://www.pornfull.us
    http://www.neontorrents.org
    http://www.diggnews.org
    http://www.imageheven.net
    http://www.baixargratis.ws

    Adiciona meus links e me avisa, adiciono os seus na hora!

    Entre em contato por favor:

    admin@downzfilmes.info

    Estou no aguardo amigo, sucesso!

    ^-^

    ResponderExcluir
  16. Adorei caminhar por aqui !
    "teu jeito criança...veio com o mar"
    Sem igual !

    O Mar .........motivo de emoções ....
    belo !

    Um abraço , poeta !

    ResponderExcluir
  17. André e Rita, essa parceria de vocês é sempre garantia de belos poemas. Parabéns aos dois. E muitos beijos.

    E a você, meu querido, muito especialmente, peço desculpas pelo tempo de ausência.

    ResponderExcluir
  18. Meu poeta, agora que já atualizei meus comentários em seus tantos blogs, venho pedir auxílio. É que as fotos que eu havia colocado em meus poemas desapareceram. Eu queria até postar um novo poema, mas não sei onde armazernar a foto, para que não suma. Será que você pode dar uma ajuda a essa amiga? Agradecida. Beijinhos.

    ResponderExcluir
  19. Olaaaa André ! Na maré cá estou...

    ResponderExcluir
  20. Muito bonito. Já desseram tudo, mas posso acrescentar que me emocionou. Parabéns.

    ResponderExcluir
  21. chegando agora por essas plagas...

    bacana.

    até mais,

    ResponderExcluir
  22. Um ousado convite. Para o encontro de marés. Visite-me.
    http://www.noturnamente.blogspot.com - msn :raqueldu_jor@hotmail.com

    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Pooouts!!!! Até que enfim eu consigo comentar por aqui!!!
    Belas palavras!
    #beijojávou

    ResponderExcluir
  24. Demais!!!
    Adoro passar por aqui!

    ResponderExcluir
  25. Nossa muito lindo este poema à 4 mãos. Eu também tenho um fascínio pelo mar e sempre falo dele em meus poemas! Gostei muito.

    ResponderExcluir
  26. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela leitura, comentários e generosa apreciação.

    Espero que continuem prestigiando os 'Gritos Verticais'.

    Muito obrigado.
    Sejam todos sempre muito bem vindos

    Grande abraço!

    ResponderExcluir