Google+ GRITOS VERTICAIS: Juntos

quinta-feira, 30 de abril de 2009

Juntos


(Foto: André L. Soares)
.
.
.

JUNTOS
(André L. Soares)
.
Em cada casa, distanciados,
somos, contudo, ainda dois fortes;
porém, com menor capacidade.
.
Mas se unidos os braços e as vozes,
ecoamo-nos melhor pela cidade,
reduzindo as portas e os vãos,
um ao outro ofertando seus suportes
em trabalho erquido lado a lado
- mosqueteiros contra seus algozes -.
.
Mas, para tornarmo-nos assim, ferozes
- não pense duas vezes -,
basta que coloque suas mãos nuas
sobre as minahs duas mãos.
.
.
.
.
Leia também:
Alma de Poesia /Gritos Verticais /Natureza Poética /O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos

32 comentários:

  1. Salve, Confrade!
    Eu sou um hospedeiro conciente, de uma visceral predileçaõ pelo coletivo, portanto, quando tomo contato com palavras que fomentam o valor da união, fico msemo deveras, muito feliz!
    Parabéns pela sutileza estética de seu poético apelo!
    Um abraço.
    Deste Confrade: Max Costa

    ResponderExcluir
  2. Oi, meu querido!
    Fiquei de verdade encantada com essa postagem sabia?
    Esses versos são lindos demais e a imagem também.
    É como já citei lá no site meu querido! :)
    Dá gosto de ler seus poemas, de apreciar suas postagem sempre transbordantes de sensibilidade.
    Que Deus, continue a abençoar esse seu talento maravilhoso!

    Beijussssssssss

    ResponderExcluir
  3. Caro amigo!

    As minhas desculpas por
    tanto tempo ausente do
    seu espaço, mas espero
    compreenda, pois não posso
    ocupar demasiado tempo
    perante o monitor, que
    me provoca problemas visuais.

    Adorei ler este poema "JUNTOS",
    muito bonito.

    Parabéns e um forte abraço.
    Voltarei

    Alvaro Oliveira

    ResponderExcluir
  4. André,
    Somente o título do poema já proporciona algo muito belo entre duas pessoas, em especial, que se amam.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. O mar me ultrapassa.
    Mas ondas haverão de contar
    Aos ouvidos que lá pousarem
    Que um dia sonhei no mar.

    O céu não vai se importar
    Quando eu monge de meu hábito partir.
    Mas estrelas enquanto restarem
    Hão de lembrar
    Que um dia me puseram feliz.

    A terra , é fato, há de me subtrair.
    Mas a árvore que me deitou raiz
    E as cores
    Que em meu tempo colhi
    Estas eu levo comigo
    Ninguém há de tirá-las de mim.

    Fernando Campanella

    Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho
    Abraços Eduardo Poisl

    ResponderExcluir
  6. JUntos somos mais fortes , em tudo.
    Um ótimo feriadão pra você
    Um abraço

    ResponderExcluir
  7. André,

    A isso eu chamo de cumplicidade. Quando podemos contar com alguém para qualquer situação.

    Cris

    ResponderExcluir
  8. Eu chamo isto de apoio é muito bom sabermos que tem mãos estendidas na hora que precisamos. AMEI !

    ResponderExcluir
  9. Jussara Barbosa22:15:00

    Parceria é andar juntos.
    Cumplicidade, andar juntos em comunhão de interesses e de mãos unidas.
    Bela forma de expressar a importãncia do poder que mãos unidas tem de transformar muitas coisas.
    Abraços!!

    JUSSARA BARBOSA.
    www.jussarabarbosa.com

    ResponderExcluir
  10. Lindo poema! É uma pena que os humanos estão ficando cada vez mais egoístas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Lina Maria12:53:00

    É isso aí André.
    Belo poema e verdadeiro
    "Um sonho que se sonha só
    É só um sonho...
    Um sonho que se sonha juntos é REALIDADE"!
    Bjus
    Lina

    ResponderExcluir
  12. Delicado e encantador... a simplicidade da imagem é a nuance perfeita!

    ResponderExcluir
  13. Adorei o Poema ! Muito bom. Fico Feliz em saber que existe outros como eu e você que mostra ao mundo obras poéticas de Pura literatura.

    http://alvarojunior2009.blogspot.com/

    http://alvaroproductions-cinenoticias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. A força do coletivo é quicá, a mais bela poesia!
    ;)

    ResponderExcluir
  15. Oi André,
    Acho realmente que não há mais força do que a da união, ao abraçar, ao dar as mãos você passa a sua força e recebe a do outro. Juntos somos fortes! Muito bonito sua mensagem!
    Bjos

    ResponderExcluir
  16. Diferente seu blog...porém com uma riqueza que encanta.
    Hoje venho conhecer,
    mas volto com tempo para passear entre suas palavras...
    Bjins entre sonhos e delírios

    ResponderExcluir
  17. Oi André obrigada por sua visita e suas palavras, antes estive aqui lendo-te e admirando seus trabalhos maravilhosos, não deixei comentário por enquanto pq estou muito triste pelo passamento do meu sobrinho tão logo passe esse momento venho com mais tempo para deixar meu coments ao seu devido merecimento... Abraço de estima e carinho!

    ResponderExcluir
  18. Adorei esse blog, to seguindo!!
    Abração

    ResponderExcluir
  19. Olá parceiro, estou passando por aqui para avisar que meu blog voltou com os link da semana por causa da grande quantidade de visitas...

    Então se quiser deixar seu link. Passe na comunidade

    (http://www.orkut.com.br/Main#CommunityEdit.aspx?cmm=55885090)

    O GWlinks, rola toda sexta ;)

    ResponderExcluir
  20. "eu não consigo ser feliz sozinho"...
    dar as mãos é sempre bom. um ajuda o outro e todos ganham no final.
    passei qui para deixar o endereço do meu novo blog, ok!
    http://biografiashorizontais.blogspot.com/
    grande abraço!
    P.S. adoro seu blog

    ResponderExcluir
  21. André
    Que coisa boa reencontrar você e Rita e a poesia de vocês, sempre tão intensa, verdadeira e comovente, como esta. Lindíssima.
    abraços
    Nydia

    ResponderExcluir
  22. Neobux

    Cadastre-se no neobux e começe hoje mesmo a ganhar dinheiro
    Basta cadastra-se.

    http://www.neobux.com/?rh=756E64657268616E64

    Depois de se cadastrar você só precisa clicar nos anuncios
    e quando conseguir $2(Dois dolares) você pode comecar a sacar sua grana

    Cadastre-se agora mesmo.

    ResponderExcluir
  23. hello... hapi blogging... have a nice day! just visiting here....

    ResponderExcluir
  24. Nada é superior ao trabalho em conjunto, que se confunde mesmo com o amor. Parabéns, poeta.

    ResponderExcluir
  25. Lindo e verdadeiro. Poema construído pelo sentimento. Amei, meu poeta preferido. Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  26. Belíssimo! Qualquer dificuldade pode ser vencida se temos por perto uma mão que nos apoia e um coração que nos conforta.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  27. André lembro-me de ter escrito este poema, há alguns anos logo após ler este teu pela primeira vez. Minha homenagem ao teu talento poeta! Bjs


    Baseada na poesia do André Luís "Juntos"

    Também Juntos

    E as mãos dos dois se juntaram
    Mas não era tão simples assim
    Tentaram se tornar ferozes
    E os algozes combater
    Mas mesmo no ecoar das vozes
    Gritando sem mais poder
    Só sentiram a vitória
    No momento em que os olhos ergueram
    E alma um do outro puderam ver.
    E o que viram era doce demais,
    Sensível demais, transcendente demais…
    Que se calaram…
    Enquanto que com as mãos unidas
    Finalmente fortes, puderam ser.

    Arlete Castro
    11/2005

    ResponderExcluir
  28. Belo Blog - parabens





    http://www.2chance.com.br
    http://www.detetiveamoroso.com
    http://www.seducao-conquista.com
    http://www.dicasdeconquista.com
    http://www.ajudasentimental.com.br
    http://www.sejasedutor.com
    http://www.sejasedutora.com
    http://www.seducaomaxima.com

    ResponderExcluir
  29. Juntos, tudo é melhor e mais fácil. Lindo e verdadeiro poema. Sua poesia é mesmo impressionante.

    ResponderExcluir
  30. Boas amigo, gostavas de ter parceria? ou de anunciares o teu blog no meu?

    Abraço

    ResponderExcluir
  31. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela leitura, comentários e generosa apreciação.

    Espero que continuem prestigiando os 'Gritos Verticais'.

    Muito obrigado.
    Sejam todos sempre muito bem vindos

    Grande abraço!

    ResponderExcluir