Google+ GRITOS VERTICAIS: À Espera

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

À Espera


(Portrait Fille - Tamara de Lempicka)
.
.
.

À ESPERA
(André L. Soares)
.
Fim da tarde. O tempo parece mais preguiçoso que de costume. Através do vidro, sinto a cidade sem prestar atenção a detalhes. Impedido estou de perceber as minúcias da beleza à minha frente, pois, se os olhos aqui se encontram, o pensamento há muito bateu em retirada, vagueando longe, atrás do que me falta. De repente, um ranger de ferros de portão; um farfalhar manso junto às árvores; um leve ruído de chave fina que invade e gira a fechadura. Com a porta que se abre o vento traz primeiro, a energia positiva que me anima; depois o perfume, sinônimo de minha ‘anti-solidão’. Ouço o som de pés delicados, quase a flutuarem sobre o tapete da sala. Em mim é festa; como se a Felicidade bailasse ao som da música perfeita. Viro-me em tempo de perceber um sorriso irradiar o quarto, antes mesmo que tua silhueta se complete sob o umbral. Pronto. Por tua chegada, e após o beijo que trocamos, identifico agora todos os tons, antes inatingíveis, da paisagem que se faz pintura na moldura da janela.
.
.
.
.
Leia também:
  Gritos Verticais / O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos

48 comentários:

  1. Esta "Espera" fez-me lembrar uma frase de Gabriel Marquez, que julgo poder ser moldura desta bela prosa poética que hoje aqui nos deixou e, tantas vezes, já sentida e vivida por muitos de nós.

    "Amo-te não por quem tu és, mas por quem sou quando estou contigo."

    Um abraço

    MV

    ResponderExcluir
  2. Que prosa mais romântica e encantadora.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. dezinho, romantico para caralho/ quando digo romantico é romantico mesmo. abraços andreleite

    ResponderExcluir
  4. ismanasc@hotmail.com13:30:00

    lindo mesmo! uma prosa poetica muito bem feita , a nossa vida é uma longa espera ...mas deve valer a pena esperar.

    ResponderExcluir
  5. Olá André,
    dizer o que ? Gostei muito. Adoro o romantismo meu amigo. Parabéns.
    Abraços

    ResponderExcluir
  6. Identifiquei os tons!;)
    Parabéns. André! Sua "À Espera" é linda demais e deliciosa de ler.
    Eu amo seus versos românticos meu querido.
    Mas gosto muito também, do punho forte que seus poemas políticos carregam viu.

    Ah! Você sabe disso né? Beijussssssssss meu Poeta predileto.

    ResponderExcluir
  7. Identifiquei os tons!;)
    Parabéns. André! Sua "À Espera" é linda demais e deliciosa de ler.
    Eu amo seus versos românticos meu querido.
    Mas gosto muito também, do punho forte que seus poemas políticos carregam viu.

    Ah! Você sabe disso né? Beijussssssssss meu Poeta predileto.

    ResponderExcluir
  8. Isso que é um homem apaixonado,hehehe..
    Você está no meu mybloglog,mas
    não me lembro de ter te adicionado lá, entrei por acaso no yahooo que me levou para o mybloglog e vi este poema,muito bonito, parabéns.

    ResponderExcluir
  9. Que linda descrição!Uma belíssima prosa poética. Muitas vezes temos mesmo de esperar. E, frequentemente, a espera costuma ser longa. Mas a vida é assim, mesmo.
    Valeu mesmo!

    ResponderExcluir
  10. Lindoooo...

    Quadro maravilhoso... colorido de poesia...

    Tudo AKi... (*****)

    Bjão

    ResponderExcluir
  11. Um amor que dá cor e poesia.
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  12. Olá André

    Belíssimo texto.
    Uma espera que realmente vale a pena...

    Abraços.

    ResponderExcluir
  13. André,

    Esperar quando se está apaixonado é assim mesmo como descreveu. Uma agonia, momento de vida e morte. rsrs

    Adorei. :D

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá, André

    Por várias razões de ordem pessoal, não tenho tido tempo de visitar os blogs de minha preferência.

    Agora que as coisas melhoraram um pouco, tirei uma folguinha e vim ler os seus posts que, como sempre, me agradam muito - adoro poesia, em especial as de caráter romântico.

    Abraços e muito sucesso em 2009

    ResponderExcluir
  15. Fantástico!
    Beijinhosssssssssss

    ResponderExcluir
  16. Com mais tempo irei lendo outros textos.
    Passei para deixar um abraço.

    Estes espaços são muito sugestivos.


    Abraço

    ResponderExcluir
  17. Bonita prosa poética.

    Um abraço

    Alvaro Oliveira

    ResponderExcluir
  18. A espera dos apaixonados é sempre uma loucura,mas o encontro é tudo!
    Amei seu blog!!!
    Bjusss

    ResponderExcluir
  19. Como sempre tudo muito bonito por aqui.
    Só passei para dar um abraço


    No entardecer,
    o sol dança com a chuva
    e um arco-íris
    no horizonte tinge...
    Espera a lua surgir
    e entre as nuvens
    uma estrela luzir.
    Depois, a terra sorri
    quando na noite escura
    o céu clareia...
    Um véu de estrelas
    abraça a lua cheia...
    O poeta fecha os olhos
    e sente o poema
    correr em suas veias.
    A lua deita no mar
    e o sol, novamente
    beija a areia.

    (Sirlei L. Passolongo)

    ResponderExcluir
  20. Estou fazendo uma campanha de doações para criar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todos.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

    ResponderExcluir
  21. Que linda a tua prosa. Fica-se presa e apetece mais... um beijo

    ResponderExcluir
  22. Tem um selo de presente lá pra vocês no http://devaneiosdeumamenteconturbada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Todo o texto é bom, sobretudo o desfecho, onde a Espera acabou.

    ResponderExcluir
  24. Olá parceiro, tudo bem? Já somos parceiro a algum tempo através do jotablog.com e gostaria de saber se não faria parceiria com mais dois outros blogs meus: aueblog.com e infinitoazul.com

    Abraços!

    ResponderExcluir
  25. Para um aprendiz de poeta, está mandando bem! rs...
    Gostei do seu blog! Voltarei mais vezes.

    ResponderExcluir
  26. Tua alma é linda André!
    Que sorte a dona desse andar suave e desse sorriso que irradia o teu quarto!
    És a delicadeza dos sentimentos e a fortaleza dos corações apaixonados.
    parabéns!
    Angel

    ResponderExcluir
  27. Agora mesmo queria ter razões para esperar...poderia ser por alguma coisa estúpida. Há dias assim...

    *Hugs n' smiles*
    Carlos

    ResponderExcluir
  28. Muito bom seu blog!
    Parabéns.
    Abraço

    ResponderExcluir
  29. Obrigado por acompanhar minhas postagens!
    Abraços
    KG

    ResponderExcluir
  30. Te indiquei para receber um selos.
    Caso você já o tenha ganhado ou não participa desse movimento, considere-o como uma indicação de qualidade do seu blog.
    http://curiofisica.blogspot.com/2009/02/selos.html

    Diego Galeano
    NOVO BLOG:
    http://curiofisica.com.br

    ResponderExcluir
  31. André, parabéns pela poesia. Nota 10!
    Abs
    Marcus, Criativo de Galochas

    ResponderExcluir
  32. very good blog, congratulations
    regard fron Reus Catalonia
    thank you

    ResponderExcluir
  33. Hmm, que bonito isso. O sorriso que entra mesmo antes de a pessoa ser vista... aliás, sua musa aqui do lado, é mesmo linda!

    Adorei seu comentário no blog, vc é do meu tempo então, um pouquinho antes, talvez ;) mas com o mesmo aprendizado.

    Um abraco!

    ResponderExcluir
  34. Andre Lobodomar

    Tudo no teu blog são sentimentos borbulhantes... ... envolve o coração...

    A Espera... a prova da força mental... chamou... chamou...

    ... Risos... Sonhos e realidades... Vida...

    És muito especial...

    Obrigado pelo carinho...

    Bjs.

    ResponderExcluir
  35. perfeito,meu querido amigo!

    ResponderExcluir
  36. andre, aproveita e instaa o noo seguidor do google ...

    http://www.google.com/friendconnect/admin/site/setup

    e indica pros carinhas novos rem ali ...

    achei o tutorial o tutorial

    http://brunosouza.info/artigos/redes-sociais/como-implantar-google-friend-connect-em-um-blog-wordpress.html

    beijo.

    ResponderExcluir
  37. Nossa...tua poesia é de arrepiar a epiderme e a derme do leitor.

    ResponderExcluir
  38. Amigo olha eu aqui novamente, aprendi o caminho e gosto bastante do seu trabalho, parabéns, são versos maravilhosos. Sucesso, muito brilho.
    Valdemir Reis

    ResponderExcluir
  39. Topa parceria com o Dicadedica?

    Informações no link:
    http://dicadedica.blogspot.com/2009/02/enviar-dicas-para-o-dicadedica-ou.html

    ResponderExcluir
  40. Linda, Linda! Ansiosa, porém, não angustiante, espera.
    Uma espera inocente, até, e madura, ao mesmo tempo.
    Segura, pois, jamais duvida da chegada.

    Bjs,
    Pirata.

    ResponderExcluir
  41. "a espera" muito legal esse poema e show de bola.

    http://www.mundosubliminar.xpg.com.br

    ResponderExcluir
  42. Relendo-te! :)
    Uma bela tarde pra voce André!

    ResponderExcluir
  43. Odete Ferreira13:59:00

    AMEI: prosa poética mesmo, sentido apurado na descrição de sensações...
    Bjo

    ResponderExcluir
  44. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela leitura, comentários e generosa apreciação.

    Espero que continuem prestigiando os 'Gritos Verticais'.

    Muito obrigado.
    Sejam todos sempre muito bem vindos

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  45. Lindo e perfeito. Nossa, André, esse poema me emocionou muito.
    Beijo em seu coração de poeta.

    ResponderExcluir