Google+ GRITOS VERTICAIS: Equilíbrio

sexta-feira, 20 de junho de 2008

Equilíbrio

(Autumn Leaves - Leonid Afremov)
.
.

.
EQUILÍBRIO
(André L. Soares)
.
Nem tudo é alegria, como nos contos de Lobato;
nem é só pessimismo, tal afirmara Nietzsche.
Nem tudo é igual, como sonhara Luther King;
nem é só diferença, quanto supusera Hitler.
Nem tudo é fartura, como na utopia de Morus;
nem é só carência, tal previa Malthus.
Nem tudo é libido, como na ciência de Freud;
nem é tão político, quanto queria Brecht.
Nem tudo é esperança, como na coluna Prestes;
nem é só autoritarismo, tal ordenara Vargas.
Nem tudo é união, como na imaginação de Lennon;
nem é tão solitário, quanto o via Jean-Paul Sartre.
Nem tudo é amor, como nos sermões de Cristo;
nem é só ódio, tal no fogo de Herodes.
Nem tudo é simplicidade, como a arte de Fellini;
nem é tão complexo, quanto explicara Einstein.
Nem tudo é perseverança, como o amor de Tereza;
nem é só vingança, tal bradara Khomeini.
Nem tudo é beleza, como nas telas de Van Gogh;
nem é tão banal, quanto dizia o velho Sade.
Nem tudo é glorioso, como a história de Pelé;
nem é só fé, tal filosofava Baha-ula.
Nem tudo é felicidade, como nos filmes de Disney;
nem é tão mau, quanto pensara Kierkegaard.
Nem tudo é pacifismo, como na ação de Gandhi;
nem é tão bélico, tal hoje aspira Bush.
Nem tudo é primavera, como previra Nostradamus;
nem é tão fácil, quanto ainda pensa Lula.
.
É que entre o preto e o branco
há milhões de furta tons e há ainda
outra imensidão de cores;
e entre o desprezo e a veneração
há mil formas de paixão
e muito mais formas de amores.
.
.
.

32 comentários:

  1. Caro André

    Gostaria de fazer uma parceria de lonk com meu blog? se quiser me escreva.

    abraço

    Valter Montani

    ResponderExcluir
  2. Que linda poesia essa André!

    Vim te deixar um beijinho de final de semana e Parabéns por seu Blog tão maravilhoso, adoro ler suas poesias e textos.
    que Deus te abençoe sempre e sempre para que continues assim sempre tão romântico epoetico, parabéns...

    Vovó Rõ!

    ResponderExcluir
  3. Cara, esse seu poema ficou maravilhoso.
    Mas podia ter colocado sobre Lênin
    *-----------*
    XD

    Abs e seu link já foi adicionado, agora só falta tu add o meu
    ;S

    Ps: Tu escreve muito bem ê_e
    Ps²: Podia fazer um livro \Õ


    Abraços,
    F1 Incridible.

    ResponderExcluir
  4. Adorei.
    abraços poéticos
    Selma

    ResponderExcluir
  5. Bravo André!
    Seu talento me deixa perplexo!

    Este poema prova que além de escrever muito bem demonstra que ler e pesquisa muito!

    Até Nietzsche você citou!

    PARABÉNS!

    ResponderExcluir
  6. Nossa, muito bom finalmente ter conhecimento da autoria de um dos meus poemas preferidos. Já dei os devidos créditos no blog, e peço desculpas pelo "autor desconhecido", eu realmente não conhecia. O poema é simplesmente perfeito, dificilmente alguém seria capaz de traduzir a alma feminina com tamanha perfeição. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito da poesia...Por vezes achamos q escrever é difícil...particularmente acho que não.O difícil e tocar as pessoas com as palavras.Parabéns, Vc tem esse dom!

    ResponderExcluir
  8. Escrever bem envolve sim muito estudo. Mas você se superou.

    AMEI!

    Bjo. Cláudia

    ResponderExcluir
  9. Muito bom mesmo...
    Não conhecia ainda, mas você ganhou um leitor...
    Abraço

    ResponderExcluir
  10. André, parabéns... adorei seu blog e suas poesias...

    Sim é verdade, continuo gritando sobre as cores diversas que existem entre o preto e o branco, é bom quando encontramos quem grite também em tons parecidos!

    Parabéns.

    ResponderExcluir
  11. .

    VALTER,... grato pela visita. E aceito sim a parceria. Será um prazer unir os ‘Gritos Verticais’ a seu blog. Um abraço, Poeta!

    RÔ,... obrigado por suas palavras generosas. É uma felicidade tê-la nos ‘Gritos Verticais’. Volte sempre. Grande abraço!

    SELMA,... muito obrigado. Abraços poéticos pra você também!

    STIVE,... meu conhecimento não é maior que sua gentileza. Um abraço, Parceiro!

    KALLANI,... não se desculpe. Fico feliz sempre que vejo um poema meu postado em outro blog, o que, pra mim, é sempre um gesto de imensa generosidade. Grande abraço!

    FOREVER,... seu comentário me deixou muito feliz. Realmente, o mais difícil é sempre alcançar o leitor. E eu só posso saber se ocorre se as pessoas me disserem. Obrigado por dizer. Grande abraço!

    CLÁUDIA,... muito obrigado a você também. Volte sempre. Grande abraço!

    LORRAN,... fico feliz. Ganhar um leitor é uma tarefa das mais árduas a todos que escrevem. Seja sempre bem-vindo aos ‘Gritos Verticais’. Um abraço!

    AMANDA,... grato a você pelas palavras motivadoras. De fato, as extremidades radicais parecem estar afastadas do que é o melhor para a maioria. Volte sempre. Grande abraço!

    Uma boa noite a todos!

    .

    ResponderExcluir
  12. Oi André!
    Vi tua postagem no meu blog comentando sobre o texto copiado de sua autoria... pois então, te explicando: Eu nunca acessei teu blog, achei esse texto em um site na qual não lembro, mas o que lembro é, que o autor era desconhecido... e tb não possuia título. Daí acho que deves averiguar alguns sites por aí... pois eles sim, estão postando teu texto sem autorização, sem título e autor. Peço desculpas e a postagem foi deletada. Espero que compreendas e que td seja resolvido! Abraços!

    ResponderExcluir
  13. A Ana Crisitina, do blog “Ouvir Estrelas” , em seu post de 05.06.2008, outorgou ao meu blog o selo “NOS UNE LA AMISTAD", o que me deixou muito feliz.

    A finalidade desse procedimento é promover maior integração entre os blogs.

    Repasso agora essa distinção a você, espero que goste e participe.
    http://palasathena2.blogspot.com/2008/06/nos-une-la-amistad.html

    Beijo
    Vic

    ResponderExcluir
  14. Luis, pegue o selo "Nos une la amistad" aqui:
    http://palasathena2.blogspot.com/2008/06/nos-une-la-amistad.html

    Beijo
    Vic

    ResponderExcluir
  15. tue blog é sempre bom, gosto de voltar aqui.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  16. olá
    adorei o poema está lindissimo!!

    parabens
    isa

    ResponderExcluir
  17. Caro André, um excelente texto, de tudo o que mais me chama atenção é quando menciona os presidenciáveis Bush e Lula, ficou perfeito.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  18. Opa André, obrigado pelas dicas.
    Já tenho conta no BlogBlogs, inclusive ví que você está no TOP 10 lá, não?

    Quanto aos outros sites, vou me inscrever.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  19. lindas palavras e combinações.
    lindo esse e os outros textos que pude ver.
    parabéns pelo talento!

    ResponderExcluir
  20. Gostei muito do "espaço" e dos poemas :)

    Uma boa semana

    ResponderExcluir
  21. ae! Muito bom cara! \o/

    ResponderExcluir
  22. Oi
    Eu não falam muito Português.
    seu site e qual a publicidade é muito interessante, parabéns, boa sorte.
    Você pode visitar o meu sítio, a URL é:
    http://vivacubalibre-habana.blogspot.com
    http://lavozdecuba.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Mas isto aí é perfeição.

    ResponderExcluir
  24. Venho aqui deixar neu elogio a este belissimo blog, como sempre com posts muito interessantes, meus parabens, espero que continue sempre assim - são blogs assim que a internet esta precisando

    Marketing na internet, como ganhar dinheiro online - Ganhar Dinheiro

    ResponderExcluir
  25. Esse poema é uma preciosidade meu querido!
    É um previlégio ler esses versos viu.:)
    Parabéns por essa linda inspiração tão bom versada. Beijusssssssssssss

    ResponderExcluir
  26. Anônimo20:33:00

    Good post and this mail helped me alot in my college assignement. Gratefulness you for your information.

    ResponderExcluir
  27. É a verdade nos é dada em degradê! Gostei! Muito verdadeiro!

    ResponderExcluir
  28. André:

    Sua criatividade e sensibilidade sempre me encantam...
    Tens o dom de colocar em versos as cores dos sentimentos e traduzir
    em palavras as emoções de maneira brilhante.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  29. Sempre encantada com tuas linhas, caro poeta! Abraço fraterno.

    ResponderExcluir
  30. Deunice15:35:00

    Boa tarde Andre,conheço tantos poemas seus,todos com beleza singular,eu particularmente tenho os meus preferidos.Os que me causa aquele toque no âmago e me faz transportar para dentro dos versos...Mas esse poema é belíssimo e mostra uma maneira intelectual que abrange muito conhecimento vindo de você. Parabéns pelo belo poema e pela inteligência acima do normal.Beijossssss

    ResponderExcluir
  31. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela leitura, comentários e generosa apreciação.

    Espero que continuem prestigiando os 'Gritos Verticais'.

    Muito obrigado.
    Sejam todos sempre muito bem vindos

    Grande abraço!

    ResponderExcluir