Google+ GRITOS VERTICAIS: Fruto da Madrugada

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Fruto da Madrugada


(Morning Glory - Steven Mitchell)
.
.
.
FRUTO DA MADRUGADA
(André L. Soares)
.
Nem bem a noite já se ía,
vinha o dia madurando,...
foi quando vi essa manhã
de claridade temporã,
com sabor de poesia.
.
.
.

20 comentários:

  1. Nascer do sol é lindo demais!

    ResponderExcluir
  2. Lindo! Adoro esse poemeto.
    Brilhante e alegre como o nascer do sol. Sempre um prazer lêr sua poesia querido. Parabéns por essa graciosa postagem de hoje. Beijussssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  3. a ilustração nao podia ter sido melhor escolhida :)

    ResponderExcluir
  4. Apesar de preferir filmes que me instiguem e intriguem aos blockbusters sem profundidade, sou da opinião de que até comédias pastelão têm seu lugar e hora. :)
    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. André

    Te achei!

    tinha perdido vc de vista, rsrs
    agora vou te linkar cara!
    Adoro o que escreve!
    aparece

    :)

    ResponderExcluir
  6. Hahahaha!

    Primeiro, obrigado pelo comentário e que bom que gostou do texto, André. A parte com "muita arte" me deixou com um sorriso besta na cara.

    E se você chegou até ele através do Blogatlas, acho que o projeto já mostrou como é bem sucedido em sua proposta.

    Estarei te acompanhando, também, e deixando um comentário sempre que possível. =)

    Abraço

    P.S: Não abro a mão pra quem faz doce demais, hehehe.

    ResponderExcluir
  7. Nancy Moisés14:57:00

    Eii amigo vim saber o resultado do concurso e não achei..
    Um gde abraço

    ResponderExcluir
  8. Belo texto André...
    Realmente são nos pequenos frascos que estão os melhores perfumes, assim como poucas palavras exibem muita sabedoria e beleza.

    Parabéns, ok... posso chamá-lo de arquiteto das palavras. rs

    Ahh!! Incluí teu espaço como "Blog amigo", pois suas palavras são bastante edificantes.

    Abraços!!

    ResponderExcluir
  9. Obrigada pela visita e pelo comentário..
    A voce desejo sol no amanhecer, por todos os dias deste ano que começa.Seja feliz.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  10. o que é o conhecimento?

    visão directa do corpo e da atitude?
    prolongado caminho nem que condutor à saturação encapotada?

    Vivência superficial feita de fait-divers e não de curiosa partilha sem hora nem condicionalismos marcados?

    Será assim tão impossível iniciar o conhecimento na distância? julgo que não e defendo tal desiderato.


    EIS A MINHA HOMENAGEM AOS BLOGGERS, ESSES INCANSÁVEIS CRIADORES DE LAÇOS!

    ResponderExcluir
  11. Apareça amigo!
    elisabetecunha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Linda poesia!

    Já adicionei todos os seus links em meu BLOG!

    Lilian Mello
    http://lilianmello.blogspot.com

    Bju

    ResponderExcluir
  13. Vim te agradecer pela visita e por teu comentário!
    E o que dizer de tão linda imagem? tão lindo amanhecer? Enquanto lá fora os dias têm sido cinzentos e frios...mas logo o sol não tardará.

    bjs e obriga mais uma vez

    ResponderExcluir
  14. Olá! é o Pereira www.pereiraaps.com
    envia o link para colocar no meu site ok

    contat@pereiraaps.com

    Pereira

    ResponderExcluir
  15. Olá é o Pereira www.pereiraaps.com
    envie o seu link para colocar no meu site OK

    contato@pereiraaps.com

    Pereira

    ResponderExcluir
  16. Eba! Vou fazer isso agora, depois confere lá no meu espaço.
    Está devidamente linkado, voltarei mais vezes!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  17. Oi André, já respondi o Meme. Obrigada pela indicação.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Olá André, já respondi ao meme, obrigada pela indicação. Beijos.

    (Eu enviei esse mesmo comentário com a conta no Google errada, aceita esse e recusa o outro?)

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela leitura, comentários e generosa apreciação.

    Espero que continuem prestigiando os 'Gritos Verticais'.

    Muito obrigado.
    Sejam todos sempre muito bem vindos

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  20. Lindo isso. Sou apreciadora dos poemas curtos.

    ResponderExcluir