Google+ GRITOS VERTICAIS: América Latina

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

América Latina


(Curiosidade - Juan C. Lacaruso)
.
.
.
AMÉRICA LATINA
(André L. Soares)
.
Onde vai essa Menina?...
crescendo linda e louca
– entre brutais ditaduras
e falsas democracias –,
cantarolando alegrias,
sem mais nem porquê.
.
Desde que me lembro
ela vive à mercê
do cotidiano perverso,
nas grandes monoculturas,...
ante a inflexível estrutura
do pátrio-poder.
.
.
.

21 comentários:

  1. Passei para desejar-lhe um bom final de 2007 e um bom ano de 2008.

    Aproveito para LHE pedir que participe na blogagem colectiva que se está a realizar hoje, dia 17, em prol da menina Flávia

    http://flaviavivendoemcoma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Tantas meninas ....

    ... crescem tão, mas tão rápido...

    Serenos sorrisos

    ResponderExcluir
  3. Belo poema, meu caro...

    A propósito, como faço para participar do InBlog?

    Abraço!!

    ResponderExcluir
  4. Obrigado pela visita lá no blog!
    Espero que apareça outras vezes!

    ResponderExcluir
  5. Olá, querido Poeta.
    Eu hoje, já apreciei de montão esse seu poema lindo viu. ;)
    Na hora que vim não foi possível comentar, por isso voltei agora.
    Parabéns! Esse poema é realmente uma linda inspiração. Maravilhoso!
    E a postagem dele, mais a foto, deixou seu blog ainda mais belo sabe.
    Adorei!!!
    Beijusssssssssssssss

    ResponderExcluir
  6. As Américas andam latinas pelos mundos.

    Beijo

    www.oncoto.erikamurari.com.br

    ResponderExcluir
  7. Que blog bonito!
    Adorei, visitarei mais vezes!
    =)

    ResponderExcluir
  8. kharhan09:25:00

    Otimo seu blog.Tenha um bom dia

    ResponderExcluir
  9. André, muito obrigado por sua visita e principalmente por apreciar o conteúdo que disponibilizo.
    Como ex-estudante de Letras na UFES, tenho a poesia como minha segunda casa e gostei muito do que li em suas duas publicações.
    É bom saber que temos cada vez mais blogueiros capixabas de qualidade.
    Parabéns por seu trabalho, sinta-se sempre à vontade para voltar ao 30'' quando quiser e espero que mantenhamos o contato!

    Grande abraço!

    Matheus
    30''

    ResponderExcluir
  10. André, parabéns. Seus poemas estão cada vez melhores e mais fortes e mais compromissados com questões humanitárias.

    Obs.: já fiz as atualizações dos links que você me pediu.

    T+

    ResponderExcluir
  11. pois abaixo do equador, quanta menina que é assim alegre porque só tem a própria vida, e esta, assim mesmo, de curto horizonte.?
    paz e bom humor, André.
    do seu leitor Walmir
    http://walmir.carvalho.zip.net

    ResponderExcluir
  12. Olá...já adicionei seus blogs nos meus dois, Inglês para Leigos e Fábrica do Riso. Gostaria que você adicionasse os meus dois em todos os seus também.

    Abraço

    Ueritom
    www.inglesparaleigos.blogspot.com
    www.fabricadoriso.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Gostei da poesia e estou passando pra te avisar que te indiquei a receber um sêlo. Passa lá na blog.

    www.cafeinasonaobasta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Essa menina cresceu e se tornou uma adolescente revoltada
    Enganada
    Ela pode ir para aonde quiser, governada por ditadores fracos,só espero que não caia no buraco

    ResponderExcluir
  15. André:

    Belíssima poesia!
    Você descreveu de maneira talentosa esta nossa "menina".

    Vim trazer a minha mensagem
    de Natal:

    *M- Murmura o coração uma prece.
    *E- Em silêncio escuto a esperança.
    *N- Na noite de Natal sou criança.
    *S- Sonhando um sonho que não envelhece...
    *A- A fraternidade acende a lembrança.
    *G- Generosa envolve o mundo em confiança.
    *E- Embalando amor resplandece e o
    *M- Mundo em paz descansa.

    *D- Despertando suave mudança,
    *E- Encanta e a ternura prevalece.

    *N- Nos sentimentos canta e dança.
    *A- As mãos se unem sem cobrança.
    *T- Tanto carinho alimenta e aquece.
    *A- A chama da caridade é nossa herança.
    *L- Lágrima doce o menino Jesus oferece.

    (Autoria de Juli Ribeiro)

    Desejo a você, sua família e amigos
    um Natal de paz e alegrias e um ano novo repleto de felicidades.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  16. Certeiro o seu poema, assim como a Metamorfose da seta que você gostou!!! ;oD
    Obrigada pelas visitas e espero mesmo que vire fã e não deixe de aparecer!
    Beijos


    Ah, estou com um outro espaço também, passe lá qualquer hora dessas, ok?!
    é o http://sensualizarte.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. André,

    Passo para ler tuas letrinhas encantadas e saio daqui sempre mais inspirada!

    Aproveito também para desejar-lhe um Feliz natal e um 2008 muito abençoado!

    Beijinhosssssssssssss

    ResponderExcluir
  18. Oi André!
    Você tem uma visão sócio-política muito interessante: consegue falar de assuntos chatos (porque nos deixam deprimidos por serem impregandos de demagogia) sem nos deixar enjoados.
    Parabéns!
    Um abraço,

    Oliveira

    ResponderExcluir
  19. Poema pequeno, porém, muito forte e verdadeiro. Parabéns, poeta.

    ResponderExcluir
  20. É, poeta, seu poema ainda é verdadeiro. Nossa pobre América Latina já melhorou muito. Mas o que você ainda é plenamente válido. Parabéns.

    ResponderExcluir
  21. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela leitura, comentários e generosa apreciação.

    Espero que continuem prestigiando os 'Gritos Verticais'.

    Muito obrigado.
    Sejam todos sempre muito bem vindos

    Grande abraço!

    ResponderExcluir