Google+ GRITOS VERTICAIS: Lamento Sertanejo

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Lamento Sertanejo


(A Família Tarsila do Amaral)
.
.
.
LAMENTO SERTANEJO
(André L. Soares)
.
O roçado tá ‘morreno’,
não há mais o que ‘fazê’.
‘Sêca’ se aliou às ‘praga’,
nem sobrou o ‘de comê’.
Diante dessas duras ‘pena’,
já ‘rezemo’ mil ‘novena’
para tudo que foi santo.
Dei à quermesse as ‘ovelha’,
caí na terra de joelhos;
Deus do céu mandou as ‘água’,
mas foi na forma de pranto.

. 
‘Home’ humilde desse chão,
acato as ‘decisão’ divina:
com fé ‘infrento’ minha sina
e não questiono o ‘Criadô’.
Por pouco vendo os ‘novio’,
na dor eu enterro os ‘fio’
nesse meu sagrado solo
Vou agora a outras ‘parage’,
seguindo nova ‘viage’
‘Inrriba’ do caminhão.
Na partida hoje eu choro,
junto as ‘mágoa’, lavo os ‘óio’,
mas um dia hei de ‘voltá’
pra ‘morrê’ no meu sertão!
.
.
.

5 comentários:

  1. Assim fico repetitiva.
    Mas como não ficar se seus versos são sempre de uma beleza imensa.
    " Lamento Sertanejo" é belíssimo querido Poeta.

    Parabéns e beijussssssss com votos de uma linda tarde viu.;)

    ResponderExcluir
  2. Oi! Você foi recebeu o selo Blog de Elite. Participa do meme também. Olha só! :D
    http://www.eitapiula.net/2007/11/20/meme-eitapiulanet-e-indicado-como-blog-de-elite/
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Esse lamento sertanejo expressa mtas coisas um deles é o sofrimento daquelas pessoas q moram no sertão.O autor da ênfase a isto

    ResponderExcluir
  4. Maravilhoso seu blog, tanto pelos poemas quanto pelas telas que vc escolhe para ilustrar.
    Esse lamento sertanejo é perfeito, me fez lembrar de inúmeras pessoas que conheço e é tudo que elas sentem.
    Abraço, ótima semana pra vc.

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela leitura, comentários e generosa apreciação.

    Espero que continuem prestigiando os 'Gritos Verticais'.

    Muito obrigado.
    Sejam todos sempre muito bem vindos

    Grande abraço!

    ResponderExcluir