Google+ GRITOS VERTICAIS: Sonata Matutina

sábado, 6 de outubro de 2007

Sonata Matutina


(Vireo – John James Audubon)
.
.
.
SONATA MATUTINA
(André L. Soares)
.
Todas as manhãs,...
antes do sol sair,
um som de natureza
vem me encantar, aqui.
Feliz, abro meus olhos
em tempo de ver
o dia florescer
na canção dos colibris.
.
.
.

7 comentários:

  1. Belo despertar, Andrè! Parabéns!
    Passa depois no meu blog Meu Universo em Prosa e Poesia que deixei um "convite" para vc na última passagem "Repassando".
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Nossa... que gaveta essa sua hein???
    Uau!!!
    Sensacional!!!!
    Beijos Mila

    ResponderExcluir
  3. André,... primeiramente, parabéns mais uma vez pelo seu aniversário.
    Muitas felicidades pra você querido.
    Eu gostei demais da escolha desses versos pra hoje.
    É um poema muito lindo, perfeito pra essa data tão especial.
    Você sabe o quanto adoro esses versos e o quanto acho inspiradoras as primeiras horas do dia não é mesmo. Pois é, Amei! Que todas as suas manhãs sejam lindas como essa poesia viu

    Beijusssssssssssss Poeta.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom iniciar o dia lento teus poemas..
    Tenhas um lindo dia!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Quem não queria despertar assim?
    ;)

    ResponderExcluir
  6. Andre vce um grande poetista,parabens.


    http://www.mundosubliminar.xpg.com.br
    http://www.solendasurbanas.xpg.com.br

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela visita, leitura e comentários. Espero que continuem presigiando os 'Gritos Verticais'.

    Muito obrigado.
    Sejam sempre muito bem vindos.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir