Google+ GRITOS VERTICAIS: Borboleta - I

domingo, 28 de outubro de 2007

Borboleta - I


(Reflection – Alfred Gockel)
.
.
.
BORBOLETA – I
(André L. Soares)
.
Borboleta mimetista,...
o teu truque é muito velho
– conta com a falha
das minhas vistas,
quase cegas –.
Na verdade,...
tens apenas uma asa.
Mas a outra, tão simétrica,
é somente o reflexo
no espelho que carregas.
.
.
.

3 comentários:

  1. De passagem por alguns blogs me deparei com este. Muito bom, adorei teus textos.

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Adoro borboletas! As vejo como flores aladas. Gracioso demais esse poema querido! Parabéns! Beijinhosssssssss... Tenha um lindo amanhecer viu.:)

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela visita, leitura e comentários. Espero que continuem presigiando os 'Gritos Verticais'.

    Muito obrigado.
    Sejam sempre muito bem vindos.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir