Google+ GRITOS VERTICAIS: Puta

terça-feira, 18 de setembro de 2007

Puta


(A l'Ombre de Tes Yeux – David Graux)
.
.
.
PUTA
(André L. Soares)
.
Puta é aquela que se entrega inteira,
cheia de truques e doces artimanhas,
desprovida de tabus, medos e besteiras,
dona de si e de todas as suas opções;
faz caras e bocas, ri como vadia,
elege o macho, mas se finge de escolhida
e faz de seu homem o que bem quer.
Tem vezes que bate, noutras apanha,
escrava e senhora das próprias emoções,
ela manda e desmanda na noite e no dia,
assume trejeitos de dama da vida.
Na verdade é poderosa fêmea,
mas em sua essência é só uma mulher.
Desejada em todas e quaisquer das horas,
capaz de tornar rei um homem tímido,
satisfazer ou humilhar os garanhões.
Quando parece dominada ela vai embora,
homem de negócio em sua mão vira menino
e, em vão, perde a última moeda que tiver.
.
.
.

7 comentários:

  1. Ah! Poeta...
    Não tem o que seus olhos não vejam com poesia.
    Pois é querido,... é um lindo poema. Mas quem dera fosse assim poética... a realidade delas.
    Infelizmente além dos truques e artimanhas tem também a tristeza por no fundo, saberem-se almas perdidas e sozinhas.

    E você é danado pra achar belas imagens hem! Linda essa! Beijusssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Não...não é puta. É apenas mulher. Mas se é fraca de caráter, aí sim merece o nome puta. Mas como sempre seus poemas são repletos de sensibilidade e versos perfeitos. A imagem também muito bonita!



    Beijo, André!

    ResponderExcluir
  3. Uma lady na mesa e uma louca na cama. Não é isso que todo homem quer?

    ResponderExcluir
  4. Anônimo14:27:00

    gostei do blog, já agora fica aqui um convite para passar pelo meu http://lenteoculta.blogspot.com
    sercon

    ResponderExcluir
  5. Só elas sabem o que escondem atrás dessa máscara de segurança, independência e aparente desejo de ser assim.
    Pode tentar-se poetizar essa vida mas a realidade é bem mais triste e feia. O contrário de suas palavras. Mas gostei do poema.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo21:40:00

    POETA, adorei seu poema, estas mulheres meus respeitos; elas sao verdadeiras DEUSAS DO SEXO! ah e mulher e toda a mulher tem seus misterios... vc que e um poeta vai ter a oportunidade de conhecer este mundo de loucas e inspiradoras! muitos homens sao tao homens que esquecem de conhecerem uma mulher, nao sou feminista apenas gostei do assunto! vou visitar com mais frecuencia seu blogger/ e tenho uma pergunta esta nos USA? pertence a alguma comunidade brasileira? vc tem bons comentarios aqui na comunidade!
    marcia.

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela visita, leitura e comentários. Espero que continuem apreciando e prestigiando os ‘Gritos Verticais’.

    Muito obrigado.
    Sejam sempre muito bem vindos.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir