Google+ GRITOS VERTICAIS: Antes do Céu

sábado, 15 de setembro de 2007

Antes do Céu


(Frauenkorper – Daniel Gasser)
.
.
.
ANTES DO CÉU
(André L. Soares)
.
Naquele abraço noturno,
enquanto se esperava o táxi,
vivi a explosão de ternura
sem haver necessidade de palavras,
onde parecia ter-se dito tudo
pelo idioma mudo dos amantes.

Naquele abraço infinito,
provei a máxima felicidade
do amor, prisioneiro dos instantes,
a tingir a imagem que guardo comigo
– imune ao perigo e ao sangue –,
acima dos tons gris do cedo e do tarde.

Naquele abraço – enlace perfeito –,
fizeste morada eterna em meus olhos,
enquanto se esperava a saudade.
.
.
.

3 comentários:

  1. Naquele abraço noturno - enlace perfeito-,...

    Que posso eu dizer, se não... Sublime?
    É a única palavra capaz de traduzir a beleza infinita desse poema meu querido.
    Profundamente sentidos... Cada um de seus versos... viu. :)

    Meus parabéns e obrigada por essa leitura tão aconchegante.

    Ah! Amei a foto também! Perfeita.

    Meu caloroso abraço pra você poeta. Beijussssssssssssssssss e uma linda noite.

    ResponderExcluir
  2. Ah! Poeta!
    A saudade! Sempre a contumaz oportunista que a distância de quem amamos nos traz, acompanhada de sua cúmplice indesejável que se chama solidão.

    Abraços,

    Gerlane

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela visita, leitura e comentários. Espero que continuem apreciando e prestigiando os ‘Gritos Verticais’.

    Muito obrigado.
    Sejam sempre muito bem vindos.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir