Google+ GRITOS VERTICAIS: Quase Sozinhos

segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Quase Sozinhos

('Lassitude' – Tamara de Lempicka)
.
.
.
QUASE SOZINHOS
(André L. Soares)
.
Onde você vê gente humilde
deslocando-se em massa pro serviço
eu vislumbro mais que isso...
avisto santos indo pro calvário,
pela ‘via-crucis’ de decênios de trabalho
– heróis que resistem ao cotidiano embrutecido –,
com direito a fel e a espinhos.

E é tão nítido o imenso sacrifício
– maldito seja quem pensar que é fácil –
de levar-se nas costas um país ingrato,
movendo engrenagens que favorecem o injusto.
Mas se Deus – que a tudo vê –
não envia outro Cristo,
talvez seja porque esses mártires anônimos
tudo possam resolver assim...
quase sozinhos.
.
.
.

9 comentários:

  1. Lista dos links e poemas por mim indicados para o "PRÊMIO CANETA DE OURO – POESIAS 'IN BLOG' 2007":

    Faca Afiada - 06 de abril de 2007
    http://chrisherrmann.blogspot.com/

    "URGENTE" - 06 de julho de 2007 http://poesiadeluizacaetano.blogspot.com/

    por encanto...por enquanto... - 03 de agosto de 2007
    http://voodeariane.blogspot.com/

    PAIXÃO - 06 de julho de 2007
    http://ciceroalvernaz.blogspot.com

    Guindaste - 12 de junho de 2007
    http://casadeparagens.blogspot.com

    27 de Agosto de 2007 07:08

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Olá, espero que não te importes mas votei em ti no meu blog na votação para os blogs 5 estrelas...

    Tens só mais hoje para votar também
    Adoa

    ResponderExcluir
  4. Carla Ferreira18:14:00

    As minhas escolhas para o prémio Caneta de Ouro- Poesias in Blog.2007

    http://jardimdepoesia.blog.uol.com.br/ - Apenas André Motta

    http://odossieasasdecera.blogspot.com/ -De Qualquer Maneira de Ícaro Estrela

    http://desejosevirtudes.blogspot.com/2007/07/ser-amor-poesia.html - Marcelo Cantalice

    http://izil.blogspot.com/2007/08/queira-me.html - Izilgallu

    http://mardapoesia.zip.net/ - Versos Rabiscados

    ResponderExcluir
  5. Perfeitas letras. Sagaz pensar. As calejadas mãos respeito, aquelas ensanguentadas e suadas, por uma labuta efémera e sem preconceito, meigas e convictas foram as mãos, que talharam e talham, uma vida passada à mercê da miseração, isenta de distinção.

    "a maior beleza dos monumentos é aquela escondida, abafada, é ela, as mãos que o ergueram"

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Também eu vejo assim querido.
    Brava gente.... lutando para sobreviver.
    É lindo demais esse poema André. Emocionante na verdade viu.
    Beijusssssssssssss querido. Parabéns mais uma vez por essa sensível inspiração.

    ResponderExcluir
  7. As minhas escolhas para o prémio Caneta de Ouro- Poesias in Blog.2007:


    Blog : Além dos Sentidos - 16/08/2007 - Noites de saudades http://caminhosemsentido.blogspot.com/2007/08/noites-de-saudade.html

    Blog : Meu Porto - 27/05/2007 - Silentium
    http://migram.blog.uol.com.br/

    Blog: NimbyPolis - 16/08/2007 - Morro à vista desarmada dos teus olhos ...
    http://nimbypolis.blogspot.com/

    Blog: Por quimeras - 23/07/2007
    http://www.porquimeras.blogspot.com/

    Blog: Vieira Calado - Poesias - 12/08/2007 - Fingidor
    http://vieiracalado-poesia.blogspot.com/2007/08/fingidor.html

    ResponderExcluir
  8. o seu poema e muito exelente
    parabens.


    http://www.mundosubliminar.xpg.com.br
    http://www.solendasurbanas.xpg.com.br

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde.

    Agradeço a todos pela visita, leitura e comentários. Espero que continuem apreciando e prestigiando os ‘Gritos Verticais’.

    Muito obrigado.
    Sejam sempre muito bem vindos.

    Grande abraço!

    ResponderExcluir